terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Halley

para Marcelo, por supuesto

Por onde andava em 1986?
Eu esperava o cometa:
passei o ano aguardando sua vinda.
Com o braço direito engessado, 
na escola a mão canhota
ensaiava desenhos e lições,
e os olhos se voltavam
para a contemplação do céu.

Não o vi.

Seus vestígios, descubro, 
estão passando pela Terra
(poeira de luz,
rastros do que não houve)
vinte e oito anos depois.

Não sei quando voltará.
Fico à espera da resposta
naquela época como agora. 


(Wings of desire)

Nenhum comentário:

Postar um comentário