quinta-feira, 30 de março de 2017

Poesia de escutar

Iniciativa de Cris Ventura de gravar leituras de poemas aqui no Soundcloud. Estou lá, com um poema de Viagem a um deserto interior.

sábado, 11 de março de 2017

No lodo nasce o lótus


(The Yogis of Tibet, Jeffrey M. Pill)

sexta-feira, 3 de março de 2017

"Na chuva de confetes deixo a minha dor"




("Mulher do fim do mundo", de Romulo Fróes e Alice Coutinho, pela mulher do fim do mundo, Elza Soares)

A letra da canção foi, segundo os autores, inspirada por este poema de Murilo Mendes, que, por sua vez, me remete ao de Dylan Thomas, "Amor no hospício":


METADE PÁSSARO


A mulher do fim do mundo
Dá de comer às roseiras,
Dá de beber às estátuas,
Dá de sonhar aos poetas.


A mulher do fim do mundo
Chama a luz com assobio,
Faz a virgem virar pedra,
Cura a tempestade,
Desvia o curso dos sonhos,
Escreve cartas aos rios,
Me puxa do sono eterno
Para os seus braços que cantam.

(Murilo Mendes)

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

O invasor americano



(Michael Moore, Where to invade next)

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Jornal da comunidade japonesa

No Jornal Nippak, que meu avô, japonês, costumava ler:


terça-feira, 24 de janeiro de 2017

tranSPassar: poética do movimento pelas ruas de São Paulo


Antologia organizada por Carlos Felipe Moisés e Victor Franco, que teve por inspiração os versos de Mário de Andrade: “Ruas do meu São Paulo, / Onde está o amor vivo, / Onde está?” A essa pergunta, tentei responder com três poemas e um depoimento sobre a cidade.

Participam:
Álvaro Alves de Faria
Carlos Felipe Moisés
Carlos Machado
Elisa Andrade Buzzo
Fernando Paixão
Glauco Mattoso
Leila Guenther
Luiz Roberto Guedes
Paulo Bonfim
Paulo César Carvalho
Renata Pallottini
Reynaldo Damazio
Rodolfo Witzig Guttilla
Ronaldo Cagiano
Rubens Jardim
Tarso de Melo
Victor del Franco

O lançamento, no dia do aniversário de 463 anos de São Paulo, trará leitura de poemas e faz parte do evento Sampoemas, que conta também com a exibição do filme São Paulo, simphonia da metrópole (1929), com trilha musical executada ao vivo por Livio Tragtenberg.